sábado, 6 de fevereiro de 2021

Respeitar as diferenças

Respeitar as diferenças é difícil. Todo mundo sabe que há muitas pessoas que pensam diferente e, infelizmente, o mundo atual converge para um cenário em que virou normal achar que quem pensa diferente está errado.


A comunidade FIRE pensa em aposentar cedo para sair da corrida dos ratos, do piloto automático, buscando passar mais tempo da nossa única (?) vida com nossa família, amigos e/ou fazendo atividades que amamos. Raramente é feita a reflexão que o sujeito pode amar o trabalho em si, independentemente do retorno financeiro.


Há aqueles que, para atingirem o objetivo mais rapidamente, utilizam de expedientes controversos: educação e saúde públicas (quando se pode pagar pelas privadas), frugalidade extrema, ausência de um veículo próprio quando este seria bastante conveniente, etc. Pessoalmente, discordo dessas formas de economia, porém, as RESPEITO.


O início da jornada nômade já serviu para conhecer algumas pessoas diferentes do meu habitat natural, dentre elas, um gringo residente no Brasil há pouco mais de 1 ano. Com doutorado em matemática em uma das instituições mais prestigiadas do mundo, veio ao Brasil para exercer cargo gerencial numa instituição financeira. Corremos juntos pela manhã 3x na semana e tomamos cerveja com nossas esposas e crianças aos finais de semana, criando certa intimidade. É absolutamente fascinante a visão de alguém tão diferente. Chileno (lembrando que não faz tanto tempo o Chile era a Suíça da América Latina), residente na França por mais de uma década antes de vir ao Brasil, aqui, numa pequena cidade do interior de SP, ele afirma ser o melhor lugar que já morou – e não tem nada a ver com samba, mulheres, praia ou qualquer estereótipo brasileiro criado por estrangeiros. Narrou-me inúmeros pontos negativos do sistema econômico, político, social e laboral da França, por exemplo.


Com esse mesmo novo amigo comentei sobre FIRE, até por ele ser da área financeira e aparentemente um ás da matemática, falando que eu tenho um blog sobre isso. Ele respondeu: “Ah, eu já vi esse pessoal FIRE, muito doida essa ideia de parar de trabalhar cedo e viver de renda, acho muito engraçado você querer fazer isso.” - Obs: eu prefiro relatar que trabalho a tempo parcial e flexível, o que acontece de fato, do que falar que estou “aposentado” e fazendo bicos na minha antiga profissão.


Por tudo que já conversei com esse cara, notei que ele é um pequeno gênio, no entanto, o tema FIRE não tocou o coração dele, tampouco tenho intenção de evangelizar as pessoas a se tornarem entusiastas do assunto.


Provavelmente o leitor acha que é maluco alguém que morava com um bom emprego na Europa preferir morar no interior do Brasil, assim como eu acho o fato de um brasileiro com capacidade financeira não ter plano de saúde ou escola particular para os filhos (salvo raras exceções de escola pública de qualidade, como colégios de aplicação parte de Universidades, algumas escolas militares, dentre outras).


O ponto aqui é que temos de respeitar esses pensamentos divergentes e, para tanto, deixarmos de tentar convencer nosso interlocutor com nossos argumentos (leia-se: ponto de vista) como se errados estivessem.


Sem dúvidas nossas conclusões são tomadas após reflexões e estudos, sendo muita pretensão achar que as do próximo assim não se deram, portanto, caso não concorde com determinada opinião alheia, promova o debate saudável, sem a soberba de pensar que quem pensa diferente de você é simplesmente um idiota.


7 comentários:

  1. Temos que respeitar, ponto; independente de qualquer divergência ou conflito.

    Excelente reflexão meu caro!

    Abçs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É isso! O mundo tá chato pra caralho não é só por causa da turma do mimimi, é também por causa dos "seres superiores" que querem te convencer que as opiniões deles são as únicas verdades.
      Abraços!

      Excluir
  2. Excelente reflexão, AC.

    Hoje estamos imagino que no ÁPICE da falta de respeito com as diferenças. Fascismo é o mais novo termo para quem "pensa diferente", em muitas ocasiões. Acredito que teríamos uma sociedade muito melhor se as pessoas entendessem que existem, sim, opiniões divergentes para quase qualquer tópico na vida, e sempre será assim.

    Abraço!
    https://engenheirotardio.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza, ET, o mundo sempre foi e sempre será assim, repleto de opiniões. Mesmo que não entenda a opinião do outro, respeite e sem desprezo. Amanhã você pode mudar a sua.
      Abraço!

      Excluir
  3. Aposente Cedo,

    Seu exemplo ilustra bem a grande importância do respeito sobre as opiniões de outras pessoas.

    Mundos diferentes, pensamentos diferentes, paradigmas diferentes.

    Boa semana,
    Simplicidade e Harmonia


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, SH! Exato, difícil a gente pensar um pouco fora da caixa. Ótima semana também!

      Excluir
  4. However, given the potential position of availability, this restriction could also be} of appreciable importance. Google Play does allow free‐to‐play casino gambling apps on their retailer, during which further credits or different gadgets could be bought with real‐money in‐game, but don't award actual money. The Apple App Store permits real‐money gambling for betting, casino, and different gambling video games in quantity of|numerous|a variety of} jurisdictions, together with the United Kingdom, Ireland, 카지노사이트 and Australia. For instance, main betting operators have a special app to download in Australia the place in‐play betting is presently restricted .

    ResponderExcluir